Feira RPG


 
InícioFAQBuscarRegistrar-seMembrosGruposLogin

Convite

É com um grande prazer que convidamos vocês, Damas e Cavalheiros dos grandes Reinos de Sant'Ana, São Salvador e Feudos independentes, a participarem de nossa nova

corte, lugar esse que nos reuniremos para conversar, construir nossas tramas e tomarmos nossas decisões a respeito do Reino. Será uma corte como nunca visto,

ambientada por meios mágicos que permitiram o seu acesso em seu próprio castelo.

Junte-se a nós e nos ajude a construir essa corte. Vá ao seu espelho mágico e pronuncie as palavras mágicas "http://www.feirarpg.com.br"

Feira RPG
Associação Feirense de Role Playing Game


Compartilhe | 
 

 O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil

Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Ir em baixo 
AutorMensagem
Murdock
Admin


Número de Mensagens : 247
Idade : 32
From : Itária - O Caos
Pontos : 8
Data de inscrição : 22/05/2007

MensagemAssunto: O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil   Sex Maio 25, 2007 10:58 am

Carta aberta à mídia.

Peço a todos os jogadores de RPG que copiem este texto em seus blogs, sites, flogs, comunidades do orkut e onde mais puderem, pois não seremos mais usados como bodes expiatórios por delegados ineficazes, pastores evangélicos, vereadores oportunistas e jornalistas incompetentes.
O texto abaixo dá nome aos bois: às vítimas, aos assassinos e aos oportunistas que usaram os crimes para se promoverem. Chega de notícias distorcidas, incompletas e tendenciosas.

TERESÓPOLIS
Em 14 e 20 de Novembro de 2000, na cidade de Teresópolis (RJ), duas garotas de 14 (Iara dos Santos Silva) e 17 (Fernanda Venâncio Ramos) anos foram estupradas, torturadas e estranguladas com um intervalo de seis dias entre os crimes.
Sônia Ramos, 42, madrasta de Fernanda, a segunda vítima, levantou em um texto a suspeita de que as atrocidades pudessem estar ligadas ao jogo e que o RPG conduziria ao crime, porque sua filha (a VÍTIMA, que NÃO jogava RPG) andava na companhia de outros garotos que jogavam GURPS e Vampiro (sua alegação se baseou no fato de que sua filha andava as voltas "com pessoas que se fantasiavam de vampiros").
Inclusive a polícia chegou a prender injustamente um jogador de RPG, que não vou falar o nome porque o coitado era inocente e não merece ter seu nome publicado, mas que passou quatro dias na cadeia por causa deste absurdo.
O verdadeiro assassino das garotas foi preso após o 5o crime, depois da prisão do RPGista; era um cigano e NUNCA sequer passou perto de um livro de RPG.
A imprensa irresponsável, assim como no caso famoso da "Escolinha Base", foi muito rápida em divulgar versões fantasiosas sobre o "jogo da morte", mas NUNCA publicou uma linha sequer se desculpando com os 400.000 jogadores de RPG que foram ofendidos em sua moral e prejudicados diante da sociedade.

OURO PRETO
No dia 10 de outubro de 2001, Aline Silveira Soares viajou do Espírito Santo com sua prima e alguns colegas para Ouro Preto para participar da "Festa do Doze", que é uma espécie de Carnaval fora de hora entre as faculdades da região, com R$40,00 e a roupa do corpo para passar três dias.
Segundo o laudo, Aline consumiu drogas durante o dia anterior ao de sua morte. Esta informação foi confirmada por diversas testemunhas que também participavam da festa, em Ouro Preto (testemunhas que foram solenemente ignoradas pelo delegado Adauto Corrêa após as investigações tomarem o rumo circence). Aline não tinha dinheiro e acreditou que conseguiria fugir do traficante sem pagar pela droga que consumiu, mas no dia de sua morte (14 de Outubro de 2001), foi abordada pelo criminoso no caminho de volta para a república onde estava hospedada (o cemitério fica exatamente no meio do trajeto entre o local da festa e a república). Testemunhas (que também foram ignoradas no inquérito oficial) disseram ter visto Aline conversar com um conhecido traficante da cidade na porta do cemitério algumas horas antes de sua morte.
De acordo com especialistas em crimes relacionados a drogas, Aline provavelmente teria se oferecido para ter relações sexuais com o traficante para pagar a dívida, pois as roupas da garota foram encontradas "cuidadosamente dobradas e dispostas ao lado do local do crime, sem nenhum indício de violência ou de coerção". Aline tomou o cuidado de deixar suas sobre uma das lápides, dobradas com a jaqueta por baixo, para que não sujassem.
Ainda segundo o laudo oficial da perícia técnica, durante a primeira facada que Aline recebeu, o corpo estava na posição acocorada, popularmente conhecida como "de quatro". Segundo especialistas em crimes de estupro, o traficante provavelmente teria tentado obrigar Aline a realizar sexo anal, que possivelmente foi rejeitado pela garota, resultando no primeiro golpe com a faca. O traficante, tendo ferido Aline seriamente, não viu alternativa a não ser terminar de matá-la. Para disfarçar, o assassino colocou o corpo de Aline em posição deitada sobre a lápide (pelas fotos da perícia e rastros de sangue, pode-se atestar que o corpo foi movido APÓS a sua morte) para tentar atrapalhar as investigações.

Quando o corpo foi encontrado, os policiais começaram as investigações pelos locais em que Aline se hospedou e em uma das repúblicas foram encontrados alguns livros de RPG, que o delegado, evangélico confesso, classificou como "material satanista". A partir disto, um vereador oportunista chamado Bentinho Duarte (sem partido) viu nisso uma chance de se promover realizando terrorismo psicológico e, junto com o Promotor Fernando Martins (conhecido por ter tentado proibir a distribuições de jogos como Duke Nuken e Carmagedon), moveu ação contra as empresas Devir Livraria e Daemon editora tentando a proibição de 3 títulos (Vampiro: a Máscara, Gurps Illuminati e Demônios: a Divina Comédia).

Resumindo: um crime que não teve nada a ver com RPG, mas sim com DÍVIDA DE DROGAS resultou até agora na prisão de 4 garotos injustamente (que NÃO são jogadores de RPG, fato comprovado pela mãe da vítima em depoimento ao vivo na rede Bandeirantes de TV) e um completo show de aberrações e absurdos na mídia.

GUARAPARI
Polícia Civil do Espírito Santo prendeu, na noite de 12 de Maio de 2005, dois acusados pelo assassinato do aposentado Douglas Augusto Guedes, da mulher dele, a corretora de imóveis Heloísa Helena Andrade Guedes, e do filho do casal Tiago Guedes, em Guarapari. Os corpos dos três foram encontrados amarrados e deitados em camas no dia 5 de maio. Na mesma data, eles foram sepultados.
O delegado da Divisão de Homicídios de Guarapari, Alexandre Linconl, evangélico, disse ao Portal Terra que os assassinos MAYDERSON DE VARGAS MENDES, 21 anos, e RONALD RIBEIRO RODRIGUES, 22, confessaram que eles mataram a família motivados pelo jogo, mas essa "confissão" não ocorreu imediatamente após o crime.
O crime que Mayderson e Ronald cometeram é o de LATROCÍNIO QUALIFICADO E PREMEDITADO, ou seja, mataram para roubar de uma maneira cruel e sem dar chance de defesa às vítimas, com premeditação. Esse é um crime hediondo, sendo julgado e condenado diretamente por um juiz criminal. Ambos os acusados já tinham ficha criminal (ambos estão respondendo processo por Porte ilegal de Arma)
O que o advogado de defesa da dupla estava fazendo era alegar que eles cometeram o crime influenciado pelo jogo e, com essa ação, tentar reverter o crime para Homicídio Simples, baseado no tal jogo que ninguém sabe o que é. Com isso, os assassinos iriam para um júri popular, que poderia ser muito bem influenciado por todo esse novo circo que a mídia sensacionalista armou e, jogando a culpa em cima do RPG, poderia até inocentar os "pobres coitadinhos vítimas do jogo" Mayderson e Ronald...
O que tem de ficar bem claro é o seguinte: os criminosos entraram na casa, apontaram armas para Tiago e sua família, doparam a família sob a mira do revólver, levaram o garoto até o caixa eletrônico onde roubaram R$ 4.000,00 de sua poupança e depois executaram friamente a família com tiros na cabeça, para não serem reconhecidos. A história do "RPG" só apareceu dois dias depois que os assassinos foram capturados pela polícia, sob orientação do advogado de defesa da dupla.
É bom lembrar, já que a mídia "esqueceu", que, graças à intervenção da Daemon Editora e da conversa de Marcelo Del Debbio, escritor especialista em Role Playing Games, com o delegado de Guarapari ao vivo em uma entrevista na Rede Bandeirantes de TV, o advogado de defesa da dupla abandonou o caso, deixando os dois criminosos sem advogado à espera de um defensor público.

Com estes textos, podemos começar a nos defender dos três falsos "crimes do RPG". Já está na hora destas informações serem passadas para jornalistas sérios que queiram nos ajudar a fazer a verdade aparecer.

Abraços fraternais

fonte: http://www.daemon.com.br/rpg_inocente.asp

_________________
Ulisses Oliveira
Murdock Tillent - Cavaleiro Protetor

"Um cavaleiro jura bravura
Seu coração só tem virtudes
Sua espada defende os oprimidos
Seu poder acolhe os fracos
Sua palavra fala só a verdade
Sua fúria destrói a maldade."


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://feirarpg.forumotion.com
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil   Sex Maio 25, 2007 2:50 pm

Boaaaaaaaaaaaaaaaaa estamos precisando divulgar isso
Tds os rpgistas sabia disso somente as autoridades mal intencionadas que nnuca quiseram averiguar os fatos. Isso so faz provar a incompetencia de nossas autoridades da "lei e da ordem" que nunca se enteressaram em esclarecer os fatos como eles eram. E por fim a midia, diz-se da midia referindo-se a Rede Globo de televisao e seus meio de midia jornal, internet e etc, que em momento algum se enterresou em divulgar o fatos verdadeiros pois nao era de seu enteresse disfazer a merda q ela fez perante ao milhoes de rpgistas no brasil inteiro.

Resumindo: Falta de competencia da MIDIA e das AUTORIDADES!
Falei
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil   Sab Maio 26, 2007 11:25 am

Vlw aew mano pelas as informações obtidas aqui e é isso aew temos que mostrar que o RPG e apenas um jogo, mas ja a nossa realidade ta bem pior, e que granças a esse abuso de poder que ocorre em nosso meio acaba se bunindo os inoncentes, e livrado a cara dos verdadeiros culpados. Chegou a hora de da um basta nessa historia de que o RPG tem relacionamento em crimes, ao contrario o RPG é uma porta de fulga do caos que se encontra a nossa sociedade hoje em dia.
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil   Ter Maio 29, 2007 6:38 pm

Todos os RPGistas sabem que esse negocio de crimes influenciados é uma grande bobagem, e pra mim isso é o suficiente, as pessoas que acreditam nisso naum tem nada na cabeça. um pouco de polemica as vezes é bom!!! HUAHUA! Twisted Evil
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fofex
Admin


Número de Mensagens : 98
Idade : 29
From : Avatar of Hatred!!
Pontos : 0
Data de inscrição : 29/05/2007

MensagemAssunto: Re: O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil   Ter Maio 29, 2007 9:27 pm

Qualquer pessoa com um mínimo de bom senso e ceticismo deduz facilmente que essa história é balela pura. A mesma coisa é o Pastor duma Igreja-de-num-sei-que-lá-das-quantas-dos-Estados-Unidos-da-América veio pro Brasil e falou num culto que a Disney é uma coisa 'do demo'. Poupem-me.

So, just STFU!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil   Sex Jun 01, 2007 11:32 am

affraid Vocês conhecem a sra. Pat Pulling? ela é uma escritora evangélica. Veja o que ela diz sobre D&D: ''o D&D usa demonologia, feitiçaria, vodu, assassinato, estupro, blasfêmia, suicídio, assassinato, insanidade, perversão sexual, homossexualismo, prostituição, rituais satânicos, jogatina, barbarismo, canibalismo, sadismo, invocação de demônios, assassinato, necromancia e adivinhação...'' ela deveria mesmo era procurar outro mestre de jogo... ou então um psiquiatra. HUAHUAHUAHUAHUA!!! e também alguém q lhe dê aulas de redação pois ela repetiu ASSASSINATO três vezes! HUAHUA! parece piada mas ela publicou isso em dos seus livros! HUAHUAHUAHUAHUA!!! jocolor é isso q ela é um bobo-da-corte!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Murdock
Admin


Número de Mensagens : 247
Idade : 32
From : Itária - O Caos
Pontos : 8
Data de inscrição : 22/05/2007

MensagemAssunto: hahahahaha   Sex Jun 01, 2007 9:01 pm

sem comentarios, esse tipo de coisa é melhor agente nem bater muito, pq senão começa a feder... com esse tipinho de gente eu nem discuto...

uma lástima!!! ainda escreve livros... onde é que vamos parar!

_________________
Ulisses Oliveira
Murdock Tillent - Cavaleiro Protetor

"Um cavaleiro jura bravura
Seu coração só tem virtudes
Sua espada defende os oprimidos
Seu poder acolhe os fracos
Sua palavra fala só a verdade
Sua fúria destrói a maldade."


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://feirarpg.forumotion.com
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil   Sex Jun 15, 2007 11:29 am

rapaz........

tem q imprimir isso...

Beijos

^^

T+
Ingridy Lima
Voltar ao Topo Ir em baixo
Murdock
Admin


Número de Mensagens : 247
Idade : 32
From : Itária - O Caos
Pontos : 8
Data de inscrição : 22/05/2007

MensagemAssunto: Hum...   Sex Jun 15, 2007 8:01 pm

Será impresso, darei um jeito de imprimir algumas cópias para serem entregues no dia do encontro, todo mundo tem de ler esta notícia que ninguem sabe ou divulga!!!

_________________
Ulisses Oliveira
Murdock Tillent - Cavaleiro Protetor

"Um cavaleiro jura bravura
Seu coração só tem virtudes
Sua espada defende os oprimidos
Seu poder acolhe os fracos
Sua palavra fala só a verdade
Sua fúria destrói a maldade."


Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário http://feirarpg.forumotion.com
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil   Sab Jun 16, 2007 12:13 pm

eh mermo, todo mundo precisa ler isso...
Voltar ao Topo Ir em baixo
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil   Qui Jun 21, 2007 1:27 am

O RPG foi usado como uma justificativa também por não ser muito conhecido... Por isso é imprtante a criação de eventos para que ele se popularize... ^^
Nessa semana o mais novo alvo da Globo foram os fãs de animes e mangás. Vocês devem ter visto a reportagem do casal que fugiu de casa. Foi muito fácil retirar a culpa dos pais e colocar em animes, se um menino de 17 anos não estuda, não adianta colocar a culpa na cultura japonesa. A reportagem do fantástico foi uma ofensa, essa mídia irresponsável quer retirar a responsabilidade do governo, da desigualdade social, dos crises familiares, dizendo que: Quem joga Rpg mata. Quem assiste animes e lê mangás foge de casa.
Mon dieu! Onde vamos parar??
Algo extremamente sórdido é como eles manipulam as informações, no caso do rpg com as informações dos livros e no caso dos animes com as imagens (na edição da reportagem do fantástico, colocaram as cenas de Yusuke com uma mochila e Raito tbm, fazendo a relação bolsa=fuga, um contexto totalmente diferente da história original).
Então, galera vamos comparecer ao evento em agosto, ok?
xD[color=violet]
Voltar ao Topo Ir em baixo
Fofex
Admin


Número de Mensagens : 98
Idade : 29
From : Avatar of Hatred!!
Pontos : 0
Data de inscrição : 29/05/2007

MensagemAssunto: Re: O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil   Sex Jun 22, 2007 12:07 pm

Coitados dos Cosplay, todo mundo agora vai falar que é pros pais ficarem de olho nos filhos q assistem anime, pq senão, eles vão fugir de casa!!!

Só defino isso em uma palavra:

Coméeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeeedia...

_________________
Betrayer...


...Iin truth, it was I who was betrayed...
...Still, I am hunted...
Still, I am hated!!!!

And now, my blind eyes see what others cannot...
...That sometimes the hand of fate must be FORCED!!!!


Now, go forth...
Unleash the tides of doom...
Upon all those... who would oppose us!!!
Voltar ao Topo Ir em baixo
Ver perfil do usuário
Convidad
Convidado



MensagemAssunto: Re: O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil   Sex Jun 22, 2007 7:32 pm

É cara... eu qria postar uma mensagem maior, mas agora vou me vestir como o Hector(<---- De Castlevania: Curse of Darkness) fugir de casa e matar alguns amigos meus no cemitério, mas segunda eu volto viu!!!! vlw! HAIL THE RPG!!!

(GLOBO = Cocô!!!)
Voltar ao Topo Ir em baixo
Conteúdo patrocinado




MensagemAssunto: Re: O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil   Hoje à(s) 7:19 pm

Voltar ao Topo Ir em baixo
 
O RPG não influenciou NENHUM crime no Brasil
Ver o tópico anterior Ver o tópico seguinte Voltar ao Topo 
Página 1 de 1
 Tópicos similares
-
» frete dos eua - brasil
» O QUE É A CONGREGAÇÃO CRISTÃ NO BRASIL Pergunta-se, "Porque crentes de várias denominações tradicionais, às vezes com dezenas de anos ligados às suas igreja, ao assistir apenas um culto na CCB abandonam de vez sua denominação e se unem a CCB, aceitan
» LISTA DE SHAMPOOS SEM SULFATO DISPONÍVEIS NO BRASIL
» A verdade sobre as Mulheres da Congregação Cristã no Brasil e mundo!
» A pascoa é a santa Ceia da Congregação Cristã no Brasil é a mesma coisa ??

Permissão deste fórum:Você não pode responder aos tópicos neste fórum
Feira RPG :: Feira RPG :: Discussão Geral-
Ir para: